domingo, 12 de abril de 2009

Fim do aquecimento global.

Fim, fim mesmo não é! Afinal, o aquecimento progressivo do planeta (ou do clima) é natural e evolutivo a milhares e milhares de anos.

Está na hora de parar com a mentiras e especulações sobre o tema. O Homem NÃO tem responsabilidade nem tão pouco capacidade de fazer tamanho estrago.

O derretimento das calotas polares NÃO vai Submergir Nova York e o CO2 NÃO é o vilão.
Uma erupção vulcânica lança muito mais CO2 no ar do que somos capazes de lançar em 50 anos.

Seguindo a teoria terrorista de que a emissão de gases "nocivos" seria projudicial, podemos afirma que a decomposição de hectares de árvores derrubadas pelos elefantes na África e de outras decomposições orgânicas resultante de toda a vida terrestre seria o fim do nosso planeta em poucos anos.

"Segundo um meteorologista, o aquecimento global será considerado uma piada daqui a cinco anos (já foram dois).

O inglês Augie Auer disse que a contribuição do homem às emissões de gases estufa é tão pequena que não conseguiríamos alterar o clima.

Para o cientista, a soma de erros de interpretação na ciência, frenesi da mídia e manobras políticas criaram a atual histeria de que é hora de acabar com as mudanças climáticas.

É hora de atacar o mito do aquecimento global, afirmou." (fonte - http://opiniaoenoticia.com.br/vida/meio-ambiente/desmentindo-o-aquecimento-global/)


Nada disso muda o fato de precisarmos mudar nossos maus hábitos, temos que cuidar sim do meio ambiente e temos que ser mais responsáveis pois tudo que fazemos de errado hoje se refletirá negativamente em nossa qualidade de vida e na harmonia de amanhã.

Percebam que o maior prejudicado de todo o mau causado é o próprio Homem, vejam o caso de Chernobyl, a vida foi praticamente desimada, mas a natureza é implacável e 25 anos depois a cidade é uma verdadeira floresta.
Aguardem, matéria num jornal de hoje anuncia, "Site desmentirá aquecimento global".

Rogério Queiroz
NEQTAR

Um comentário: